O que é ejaculação precoce?

Denomina-se precoce a ejaculação que ocorre antes do desejado pelo indivíduo, após um estímulo sexual mínimo, quando não há controle sobre o momento de ejacular, gerando insatisfação no paciente e/ou em sua parceira. Pode ocorrer antes (nas preliminares), durante ou pouco tempo após a penetração vaginal. Não há um tempo de relação definidor de ejaculação precoce. O que há é uma sensação subjetiva do homem e da sua parceira de que a ejaculação foi muito rápida, ocorreu antes de ser desejada e não pode ser controlada. A ejaculação precoce é muito frequente nos homens, atingindo de 20 a 30% deles. Ocorre em todas as idades. Ela pode ocorrer normalmente de maneira episódica na juventude, em indivíduos que estejam iniciando sua vida sexual, em encontros com parceiras (os) sexuais novas (os) ou após longos períodos de abstinência sexual, nestes casos não se configurando em um real problema de saúde. Porém, quando se torna muito frequente e se prolonga por um tempo maior passa a se constituir um problema.

Quais as causas da ejaculação precoce?

Não há uma causa física bem definida para esta condição. Possíveis fatores físicos são uma hipersensibilidade peniana, alterações no reflexo ejaculatório, alterações hormonais, fatores genéticos, excitabilidade sexual exacerbada. Fatores psicológicos são muito importantes: ansiedade, impulsividade, nervosismo excessivo.

Como tratar a ejaculação precoce?

O tratamento começa com uma consulta especializada, bem feita, na qual a situação do paciente é detalhada e assim o mesmo é orientado sobre comportamento sexual. Psicoterapia especializada em muitos casos é de grande valia. Há também algumas técnicas, por exemplo a do “start-stop”, com certa eficácia. Tratamento medicamentoso, geralmente com medicamentos antidepressivos, costuma ser muito eficaz no controle da ejaculação precoce. Diversos medicamentos e doses têm sido utilizados. Pacientes com excesso de pele no pênis (excesso de prepúcio) podem se beneficiar da cirurgia de postectomia, visando reduzir a sensibilidade da glande peniana. Consulte seu médico. Ele avaliará o que é mais indicado para o seu caso.

Bibliografia: http://www.abc.med.br
Campbell-Walsh Urology
Urologia Brasil
Guidelines da Associação Européia de Urologia (EAU)

Agende sua consulta

(35) 3221-4518
(35) 4101-2708

agsdix-fab fa-whatsapp

(35)9 9861-7839

Seg a Sex - 08h às 18h

agsdix-far fa-envelope

institutodeurologiasm@gmail.com

agsdix-fas fa-map-marker-alt

Av. Antônieta Ésper Kalas, 255
Parque Mariela
Varginha-MG
37130-1000

Agende sua consulta
Enviar